Imprimir

Oleiros, Proença-a-Nova e Castelo Branco... O presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Fernando Jorge, dirigiu uma carta ao Presidente da República, ao Primeiro-Ministro, aos Ministros da Coesão, do Ambiente, das Infraestruturas e da Agricultura e aos Secretários de Estado das Florestas e das Autarquias Locais.

A carta, encabeçada por Fernando Jorge, e subscrita pelos colegas João Lobo e José Augusto Alves, presidentes das autarquias de Proença-a-Nova e de Castelo Branco, respetivamente, relembra “os extensos danos sofridos pelos concelhos na sequência do incêndio que devastou parte destes concelhos entre os passados dias 13 e 16 de setembro”. É também expresso o alerta para “as medidas e apoios urgentes que é preciso tomar na sequência daquele que foi considerado o maior incêndio florestal da Europa no presente ano”.
No referido documento é feito um contexto da vida dos habitantes destes concelhos que “praticavam uma agricultura de subsistência” e que “perderam as suas hortas, pomares, vinhas e os alimentos de animais domésticos”. Apesar de algumas casas de primeira habitação terem sofrido donos, não ardeu qualquer casa mas sim vários anexos agrícolas como palheiros, anexos de habitações, alfaias agrícolas, vedações ou canos para rega, entre outros.
Neste concelhos, é relembrado, “existem vários munícipes com necessidade de apoio social e psicológico, apoios esses que têm estado a ser dado por equipas dos Municípios”, sendo ainda focada a “destruição de muitas infraestruturas municipais, desde estradas a sinalética”.
Porque só ficou cinza e carvão, fica também o alerta para a queda de chuva que arrastará essa cinza e carvão “para as barragens que abastecem imensas povoações incluindo Lisboa, havendo ainda o perigo de derrocadas que se não se atuar para as evitar vão acontecer imensos acidentes”.
Deste modo, “para tudo isto são necessárias verbas que os Municípios atingidos não possuem e esperam a solidariedade do Governo Central para minimizar todos estes enormes prejuízos”, escreve o autarca, lembrando que “medidas já anteriormente tomadas noutros incêndios podiam ser uma ajuda para as populações e Municípios”, de onde se destaca “um apoio simplificado à reposição do potencial agrícola até 5 mil euros por proprietário, a bonificação da madeira ardida e solicitámos para isentar o IRS aos proprietários que vão ser obrigados a vender a madeira, ou permitir que as verbas recebidas da madeira ardida possa ser incluída ao longo de 10 anos no IRS”, explicou à Rádio Condestável Fernando Jorge.

No que à floresta diz respeito, foi pedido “um apoio para a plantação ou replantação de medronheiros, considerados como corta fogo, mas que também arderam e apoio para as vedações ardidas e ainda a necessidade de existir uma ligação viária entre Castelo Branco e Oleiros, permitindo assim reduzir os custos das matérias-primas produzidas no concelho de Oleiros, diminuindo a distância em cerca de 20 Km e ajudando a combater o despovoamento. Por fim o edil oleirense refere os apoios, quer através da APA quer da CCDR-C ou mesmo do Ministério competente, para repor as infraestruturais agora destruídas”.
Olhando mais a longo prazo, o autarca continua a dizer que é preciso repensar toda a floresta. “Se não houver uma politica de reflorestação e de planeamento da floresta, daqui a 15 anos esta área vai arder novamente”, sustentou, acreditando que se fossem dados meios ao atual secretário de Estado das Florestas, “que conhece esta região e é especialista nestas matérias”, pode contribuir para evitar novas tragédias com a de setembro último.
A terminar Fernando Jorge diz que, com o envio desta carta, não quer que esta região “tenha uma descriminação positiva mas que, pelo menos, tivesse um tratamento de igualdade com outras regiões do país”, pois “sentimo-nos sistematicamente prejudicados quando comparados com outros benefícios de outras regiões”, finalizou o autarca oleirense.


CarBus

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
9675
Ontem
21734
Este mês
693056
Total
34122882
Visitantes Online
35