Imprimir

O incêndio deste ano de julho devastou parte do território oleirense nomeadamente nas freguesias de Oleiros-Amieira, Isna e Mosteiro.

Assim, como aconteceu em anos anteriores, o Município oleirense está a apoiar os proprietários das várias localidades das referidas freguesias. O incêndio aconteceu, relembramos, entre 25 e 29 de julho.
Deste modo, aconselha a autarquia, os lesados devem fazer chegar o pedido ao Gabinete de Ação Social.
Como consequência deste incêndio, um número considerável de pessoas viu-se sem água própria e recolhida de nascentes ou depósitos, uma vez que as tubagens de plástico arderam. Os técnicos do Município fizeram um levantamento inicial dos prejuízos e constataram a falta de água para consumo humano, bem como de tubagens de água (que arderam), necessárias aos proprietários de terrenos e /ou animais, que assim se viram privados do abastecimento de água proveniente de nascentes próprias, enumera a edilidade.
Ciente da importância que o regadio tem para a agricultura e pecuária, representando um meio de subsistência para os agricultores destas povoações, o Município está a disponibilizar apoios à população atingida. A medida foi deliberada por unanimidade em Reunião de Câmara, no dia 14 de agosto, pretendendo mitigar os prejuízos causados pelo incêndio, traduzindo-se no ressarcimento dos custos que os habitantes lesados tiveram de suportar para restabelecer o seu potencial produtivo.
Para que os proprietários sejam ressarcidos das importâncias correspondentes aos prejuízos, devem entregar o pedido no Gabinete de Ação Social, acompanhado de uma cópia do(s) documento(s) de despesa em questão.


CarBus

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
21321
Ontem
26441
Este mês
448442
Total
33145903
Visitantes Online
22