Imprimir

As notícias de burlas relacionadas com a pandemia Covid-19 começam a surgir um pouco por todo o país e nos distritos de Santarém e de Leiria já se verificaram alguns casos.

Por norma são pessoas que se fazem passar por falsos médicos e outras que dizem trazer a cura para esta doença. Em declarações à Rádio Condestável o Tenente Diogo Vicente, Comandante do Destacamento Territorial da Sertã da GNR, deixou claro que “não existe ninguém com a cura para esta pandemia” e apelou a que “estejam despertos para todas as pessoas que venham a vossas casas dizendo que são médicos, farmacêuticos ou mesmo assistentes sociais dizendo que têm a cura para este vírus”, pois “isso não existe”, reforçou.
Existem relatos conhecidos em que os burlões também se fazem passar por equipas que vão às casas fazer desinfestação. Fazem-no “com o intuito de burlar ou de furtar alguns bens que as pessoas tenham”, notou.
Caso vá algum profissional de saúde a casa destas pessoas mais vulneráveis, “eles vão perfeitamente identificados e os utentes conhecem-nos na perfeição”, disse, deixando a ressalva para que as pessoas “peçam identificação e não abram a porta a qualquer pessoa”. Na dúvida aconselhou a que sejam contactadas as autoridades pois “estamos cá para fazer face a essas situações, para nos deslocarmos e ver o que se passa”.
O comandante alertou ainda para possíveis assaltos e aconselhou as pessoas, caso sejam contactadas por alguém que não conheçam, por exemplo para “fazerem rastreios cardiovasculares, ou outros, em que as pessoas têm que dizer se estão ou não em casa”, para não darem pormenores. Caso contrário “quem está do outro lado da linha percebe se a casa pode ser assaltada ou se dentro de casa existe um pessoa vulnerável que pode ser burlada”, explicou.
Um pouco por todos os concelhos da nossa região, as autarquias estão a prestar apoio aos idosos através dos seus funcionários ou de pessoas que se voluntariam para tal. Em todos os casos “as pessoas estão devidamente identificadas e são conhecidas das pessoas mais vulneráveis, pelo que, em princípio não haverá qualquer tipo de problema”, adianta ainda o comandante.
Por causa de toda esta situação “existe em reforço da vigilância” nas aldeias do concelho garantiu ainda o comandante, quer no sentido de evitar burlas e assaltos, quer de “prevenir e ter uma ação pedagógica nas pessoas, naquilo que é o dever geral de recolhimento, nesta fase da pandemia”, explicou.

CarBus

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
2447
Ontem
24250
Este mês
556004
Total
33253465
Visitantes Online
24