Imprimir

Um empresário da zona da Covilhã preso quando se preparava para depositar num banco 3.500 euros em notas falsas...

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um empresário da zona da Covilhã que se preparava para depositar num banco 3.500 euros em notas falsas, informou hoje fonte daquela polícia à Agência Lusa.
O indivíduo, com idade próxima dos 40 anos, foi esta tarde ouvido no Tribunal da cidade, de onde saiu em liberdade, sujeito a termo de identidade e residência.
A detenção ocorreu segunda-feira, pela hora de almoço, num banco da cidade. O homem "tentou depositar 70 notas de 50 euros", disse à Agência Lusa Mário Bento, coordenador da PJ da Guarda."A Polícia Judiciária fez a detenção e as investigações vão continuar para averiguar o grau de culpabilidade do detido. O problema que se coloca é que uma pessoa que se propõe fazer um depósito destes, pode não ter consciência de que o dinheiro era falso", acrescentou.
O homem tem negócios em Portugal e Angola, "país de onde pode ter vindo o dinheiro", disse Mário Bento."Estamos a fazer diligências junto de Angola e instituições bancárias angolanas para saber a proveniência das notas", acrescentou.
O empresário está ligado actividades de construção civil, entre outras, nos dois países.
 

LUSA

ofertaB baseStandFrigi

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
9401
Ontem
14375
Este mês
269552
Total
26699224
Visitantes Online
7