Imprimir

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) da Sertã levou a efeito, durante a semana passada, várias as iniciativas com o intuito de assinalar a semana dos Direitos da Crianças.

Na Sertã, para além do primeiro estendal dos direitos das crianças na Alameda da Carvalha, com trabalhos efetuados pelas crianças desde o pré-escolar ao 1º ciclo do ensino básico, decorreu ainda o Dia do Pijama nas escolas concelhias.
Esta semana finalizou com um debate na Casa da Cultura sobre a temática em questão.
Na abertura, José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã lembrou os 20 anos da CPSJ sertaginense e o papel que tem tido na defesa dos direitos dos mais novos, bem como a posição do Município, sempre empenhado “ativamente em prol do bem-estar das nossas crianças, promovendo ações e eventos que visam esse mesmo bem-estar”, disse.
Neste momento estão a decorrer três projetos importantes na área da promoção de novas políticas públicas de salvaguarda dos direitos das crianças e dos jovens, ou seja “o projeto Selo Protetor, que se destina a uma melhoria das práticas dos diversos profissionais, nesta primeira fase dedicado aos profissionais da área da educação; o projeto Adélia que visa a implementação de medidas inovadoras para a promoção da parentalidade positiva e da capacitação das famílias e o projeto Bem-Estar no sistema de promoção e proteção, em parceria com a Direção Geral de Saúde, que desenvolve um estudo piloto no âmbito da saúde mental das crianças e suas famílias acompanhadas pelas CPCJ’s.”, deu conta Fátima Gonçalves da equipa técnica regional do centro da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças.

Presente esteve igualmente José Carlos Fernandes, Diretor do Agrupamento de Escolas da Sertã. na sua intervenção frisou o papel que as CPCJ’S têm para a escolas, desde logo por contarem no seu seio com elementos da área do ensino e muitas “é nelas que muitos dos problemas são identificados em primeira mão e nem sempre a escola têm capacidade de resposta para todas estas situações”, explicou.
Ilda Bicacro, atualmente presidente da CPCJ da Sertã, passou em revista o que foi feito nesta semana com as atividades a terem por objetivo envolver toda a comunidade, e tal foi conseguido com “o primeiro estendal dos direitos das crianças e o dia do pijama, duas atividades que envolveram crianças e famílias, colocando todos em comunicação e proporcionado um excelente momento de aprendizagem para todos”, reforçou.
Neste debate participaram Margarida Mesquita do Instituto Superior das Ciências Sociais e Politicas da Universidade de Lisboa falou sobre “Ser criança em Portugal”, da escritora Celeste Gonçalves sobre "Os Direitos da Criança na Literatura para a Infância - sua importância", a “Exploração e abuso sexual de crianças”, pelo Tenente da GNR, Diogo Vicente e “Escutismo: Movimento Seguro” com Ivo Faria, Chefe Nacional do Escutismo.
De referir que esta semana dos Direitos da Criança foi dinamizada pelo Município da Sertã, pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) da Sertã, pelo Projeto Bússola e pelo Agrupamento de Escolas da Sertã.


CarBus

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
6926
Ontem
9356
Este mês
214836
Total
28190222
Visitantes Online
14