Imprimir

Até dia 22 no atelier Túlio Victorino... Decorreu ontem, 20 de setembro, a abertura da iniciativa Tempo de Pastores, no Atelier Túlio Victorino, em Cernache do Bonjardim.

Até dia 22 ali vão decorrer várias atividades culturais como espetáculos musicais com artistas do concelho, palestras sobre a cultura agro-pastoril com um economista, um antropólogo e uma museóloga, documentários e uma exposição denominada “As Artes de Silvano” e que está subdividida em duas áreas, ou seja “Artefactos do Pastor” e “Instrumentos Musicais Tradicionais”. A mostra foi construída a partir do espólio de diversos colecionadores privados e tem a curadoria de José Magalhães e Maria Sá Pereira Capelo. José Magalhães é o presidente da Destarte Cooperativa, responsável por este projeto que “tem já três anos e que tinha como foco redescobrir a cultura da Beira Baixa. O pastor é a figura que estava ligada a tudo”, e por isso este ‘Tempo de Pastores’, conforme explicou José Magalhães. Nesta exposição estão reunidas peças de pastores que representam “as crenças, a natureza, o lar, o trabalho e o lazer dos pastores”, definiu, garantindo que é uma “exposição acessível a toda a gente onde as pessoas podem encontrar referências da sua cultura”.
Foi pedido a dois músicos que criassem dois concertos ligados à pastorícia, onde fossem utilizados instrumentos da Beira Baixa. Surge assim Miguel Calhaz com um espetáculo baseado nas modas do labor, da fé e do lazer e João Paulo Leitão foi buscar os sons da pastorícia, dos chocalhos ou das campaínhas.

Quem vê com bons olhos esta iniciativa é Filomena Bernardo, presidente da União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais. O projeto, sente, “é feito com arte, paixão e amor” e por isso “tem tudo para ser um sucesso”, disse. Com ligações familiares à pastorícia, pois a mãe foi pastora e as filhas eram “obrigadas a saber cozer, cozinhar e tocar a Senhora do Almortão no Adufe”, recordou, reforçando o seu gosto por receber esta atividade e desejando que “mais projetos como este venham para esta casa”.
Para José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, o tema em questão “faz-nos voltar a conhecer a história” e por isso manifestou a vontade de ver visitas dos alunos das escolas àquele espaço “porque não conheceram estas vivências”, bem como dos mais idosos para “reviverem esses tempos”.
Além de ser uma temática oportuna, a atividade dinamiza, rentabiliza e valoriza o património local e, neste caso, o atelier que “é bom demais para estar desocupado” e “queremos que este investimento seja rentabilizado e valorizado, e a melhor maneira (de o fazer) é ter iniciativas como esta”, exemplificou.
Deste modo, a exposição fica patente ao público este fim-de semana, sendo que posteriormente se manterá por mais algum tempo, para visitas organizadas de escolas ou de grupos.

CarBus

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
1316
Ontem
14573
Este mês
202010
Total
27743228
Visitantes Online
14