Imprimir

O Núcleo de Proteção Ambiental de Castelo Branco da GNR recuperou ontem, dia 3 de setembro, um grifo, espécie com estatuto de conservação “quase ameaçada”, no concelho de Vila Velha de Ródão.

Conforme descreve a GNR em comunicado, “após uma denúncia de um cidadão a informar que o animal se encontrava a deambular num terreno, os militares deslocaram-se ao local e recolheram a ave, um exemplar juvenil de gyps fulvus, conhecida por grifo, que aparentava estar debilitada. A ave foi libertada na semana passada pelo Centro de Estudos e Recuperação de Aves Selvagens (CERAS) de Castelo Branco, tendo sido marcada com anilha metálica e marcas alares, que permitem o seu seguimento, contudo, não conseguiu adaptar-se ao habitat natural”.
Assim, “depois de recolhido, o grifo foi entregue no CERAS, para monitorização do seu estado de saúde, recuperação e nova libertação”, confirma o Comando Territorial de Castelo Branco.
O estatuto de conservação dos grifos em Portugal é de “quase ameaçado”, dado existirem menos de mil exemplares no país, com uma população reprodutora de cerca de 400 casais, principalmente no Douro e Tejo Internacional, que, têm como principais ameaças, a utilização de iscos envenenados para eliminar predadores de espécies pecuárias (p. ex. a raposa e o lobo), a redução da disponibilidade de cadáveres e a degradação e perturbação humana dos habitats de nidificação, lembra também a GNR.

CarBus

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
6303
Ontem
28494
Este mês
311146
Total
27852363
Visitantes Online
16