Imprimir

Está operacionalizado o projeto criado há 15 anos em Mação para apoio à decisão em matéria de fogos rurais, o MacFire. Esta aplicação vai poder agora utilizar o sistema de georreferenciação do Siresp – GL.

O protocolo de cedência desta informação foi assinado ontem, 12 de julho, entre a autarquia de Mação, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e as comunidades intermunicipais do Médio Tejo e Lezíria do Tejo, as duas comunidades que fazem parte do distrito de Santarém.
Vasco Estrela, presidente da Câmara Municipal de Mação testemunhou assim “o trabalho de quase 15 anos do vereador António Louro, que hoje é reconhecido pelo Governo”, disse na cerimónia protocolar, a mesma onde marcou presença o secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves.
Deste modo, a partir de agora “vamos passar a ter a visualização da georreferenciação diretamente em cima do sistema MacFire. É o mesmo que ter o nosso GPS no carro e vermos a localização do nosso veículo”, ilustrou Mário Silvestre, Comandante Operacional Distrital de Santarém, acrescentando que “o que vai acontecer é que no CDOS, todos os corpos de bombeiros e comandantes das operações vão passar a ver todos os veículos que estão no teatro de operações e a sua localização”. Do ponto de vista de gestão de meios, do comando e controlo dos mesmos “isto é muito bom”, garantiu, tendo por base um projeto-piloto que decorreu em 2018 no distrito.

A partir de agora, todas as viaturas equipadas com rádios Siresp, que entrem numa ocorrência no distrito de Santarém, ficam de imediato assinaladas nesta aplicação. Mário Silvestre referia ainda que, naquilo que depender de si, o sistema estava já ao serviço “amanhã”, mas acredita que “ainda este verão poderá estar disponível”.
Esta assinatura ocorreu sob o olhar do secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, que referia que esta “ferramenta operacional vem ao encontro do que, na sequência dos incêndios de 2017, foi assumido pelo Governo, de introduzir mais conhecimento no sistema, enrobustecê-lo do ponto de vista profissional e, com isso, dar-se passos contínuos no sentido de termos os nossos profissionais mais habilitados para responder a situações cada vez mais extremas no que respeita a adversidades meteorológicas”, explicou.
O momento foi importante para o Município de Mação e Vasco Estrela não esqueceu, uma vez mais, o trabalho do vereador António José Louro, o grande impulsionador desta aplicação. “Hoje é o culminar de um processo longo, onde os dados do Siresp podem ser utilizados pelo sistema MacFire, sistema desenvolvido no concelho”, vincou o autarca.
Já o ano passado as duas comunidades intermunicipais deste distrito, tinham gasto cerca de 9 mil euros para alugar aparelhos de georreferenciação para todas as viaturas dos bombeiros. Com esta ferramenta disponível, deixam de despender essa verba.


ofertaB baseStandFrigi

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
175
Ontem
15074
Este mês
233963
Total
26264165
Visitantes Online
9