Imprimir

Sertã termina ciclo autárquico. PSD quer gente nova nas listas… O presidente do PSD da Covilhã, Luís Filipe Santos venceu as eleições para a comissão política distrital de Castelo Branco do partido, numa disputa com o deputado social-democrata Álvaro Batista.

Numa primeira reação à Rádio Condestável, Luís Santos era um homem satisfeito, notando que esta foi uma grande vitória, sobretudo para o partido.
A lista encabeçada por Luís Santos obteve 337 votos (60%), contra os 233 (40%) de Álvaro Batista, num universo de 766 militantes em condições de votar. O número de votantes foi “um sinal de vitalidade interna”, disse, revelando que estas eleições ficaram marcadas por “duas candidaturas que discutiram politica, dois candidatos que são companheiros e que se respeitam mutuamente, onde mostraram claramente que estão prontos para defender os interesses do partido mas sobretudo das populações”.
Agora o partido quer colocar em prática um projeto alternativo ao do Partido Socialista. O PSD tem na mira as próximas eleições legislativas e uma das metas é “manter o número atual de deputados eleitos (2)”, sem esquecer as eleições autárquicas “fazendo o nosso trabalho no terreno, articulando-nos com as comissões politicas de secção, para apresentarmos os melhores projetos autárquicos, que são a  nossa matriz”, reforçou.
Cláudia André é a cabeça de lista pelo PSD, pelo distrito de Castelo Branco às legislativas de outubro. Porque o partido está numa “fase de conversações internas para tentarmos apresentar as melhores caras”, ainda “não é possível” dizer que a vai acompanhar nesta luta, contudo Luís Santos não descarta a hipótese de integrar a lista, assim seja a vontade de todos. O trabalho atual é o de preparar “as melhores propostas para o distrito, que possam oferecer a todo o distrito a garantia de termos, para além de bons resultados, sobretudo um excelente projeto”, confirmou.

O caso da Sertã

Quando apresentada, a lista por si encabeçada, por tinha como objetivo fazer uma renovação geracional no partido. Tendo em conta que alguns ciclos autárquicos terminam nas próximas eleições, Luís Santos quer igualmente gente nova a encabeçar as listas, disse, falando em concreto do concelho da Sertã onde o projeto autárquico terá que ser encabeçado “naturalmente com gente nova e poder continuá-lo com a qualidade que tem tido até à data”, confirmou. “Teremos que ter muita gente nova nas listas, fazer a renovação. É normal. Estamos no fim do ciclo e iremos ter gente diferente”, focou.
Luís Santos quer um partido unido e não coloca as ideias do seu colega Álvaro Batista de lado, até porque “todos os projetos são uma mais-valia para uma lista que se quer de consenso e que possa representar, de forma equilibrada todo o território do Distrito de Castelo Branco”, finalizou.

CarBus

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
6160
Ontem
6860
Este mês
230789
Total
27433266
Visitantes Online
8