Imprimir

É a segunda vez que o IVS ganha a nível nacional… As duas equipas de alunos eco-cozinheiros (12º e 8º anos) de Instituto Vaz Serra (IVS) de Cernache do Bonjardim chegaram à final nacional do concurso eco-cozinheiros que decorreu no âmbito do projeto Eco Escolas. A equipa de quatro alunos do 12º A (escalão 3) trouxe para Cernache o 1º prémio e a equipa dos três alunos do 8º ano (escalão 2) subiu ao terceiro lugar do pódio.
Ana Lapa, Inês Passos, Beatriz Rodrigues e Rui Nunes, foram os vencedores ao apresentarem a concurso um creme de cenoura, bifinhos de frango grelhados, com arroz e legumes salteados, kiwi laminado e sumo de laranja natural. À Rádio Condestável Ana Lapa confessou, em nome do grupo, que não estava à esperam do resultado. Sobre o concurso, explicou que “valoriza o que é saudável e biológico e que tem a capacidade de ser adequado para uma ementa escolar e foram estes os principais requisitos que procurámos responder”, disse.
Neste seguimento, Ana Lavrador, coordenadora do projeto Eco-Escolas no IVS, confessou que também não estava à espera do resultado, a avaliar pela qualidade das ementas e quantidade de equipas a concurso.
Gabriel Miranda, Afonso Simão e Guilherme Prezado foram os alunos do 8º ano e a concurso apresentaram Creme de abóbora com agriões, bifinhos de peru grelhados, com arroz e legumes salteados, ananás com morangos e sumo de laranja natural. Obter o 3º lugar foi bom, disse Afonso Simão que, juntamente com os amigos se inspiraram “em ideias próprias, em pesquisas na internet e em testes em casa”. Estes três alunos prometem continuar a participar até porque também querem trazer um primeiro lugar para Cernache do Bonjardim.
Sem ter um curso dedicado à cozinha, o resultado teve um sabor ainda maior. “Tivemos sempre o cuidado de escolher determinados produtos, portugueses e biológicos, alguns da nossa horta biológica, outros das hortas dos nossos alunos”, explicou a professora.
António Lagoa, Diretor Pedagógico do IVS, “orgulhoso pelos resultados obtidos”, principalmente porque estes alunos ombrearam com outros, de escolas onde existem cursos de cozinha e de restauração, classificou a participação como “fantástica”. Estas participações são igualmente importantes pois “abrem outros horizontes aos alunos que convivem com realidades diferentes e é sempre importante na sua construção como cidadãos e seres integrantes numa sociedade multicultural”, salientou.
Nenhum dos alunos tem formação em cozinha e para o resultado valeram as pesquisas feitas, a vontade de fazer e a curiosidade natural. No concurso, em substituição do sal, foi dado destaque a diversas ervas aromáticas como sendo o manjericão, tomilho, cebolinho, hortelã, orégãos, alecrim e louro, algumas produzidas na horta do IVS outras cedidas pela organização do concurso.
As ementas confecionadas foram avaliadas de acordo com os vários critérios, nomeadamente “exequibilidade em cantinas escolares, nível de organização da equipa (divisão de tarefas, higiene, desperdício, técnica), empratamento e estética, grau de cozedura, textura, combinação, bem como sabor/paladar, valor nutricional e sustentabilidade do menu.
O intuito da participação nestas atividades serve o propósito de afirmar a qualidade do trabalho dos alunos que frequentam o IVS, de promover a sua autoestima, mas sobretudo, para incentivar a comunidade a alterar e a adotar hábitos de vida saudáveis.

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
11164
Ontem
13580
Este mês
265493
Total
27077515
Visitantes Online
27