Imprimir

O sal foi tema de conversa no SerQ… O sal, como e onde o podemos encontrar, foi o tema para mais uma conversa dos “Cafés com Ciência – Sertã, desta terça-feira, 30 de abril, no Centro de Inovação e Competências da Floresta (SerQ), na Zona Industrial da Sertã.

O sal é um aditivo comum na alimentação humana, podendo ser adicionado na confeção das refeições ou no processamento dos alimentos da indústria alimentar. Apesar de ser indispensável à vida, o seu consumo em Portugal é excessivo, referiu Carlos Alberto Silva, da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra e Enfermeiro de Saúde Pública, Familiar e Comunitária. Na sua intervenção alertou para a presença excessiva de sal até nos mais insuspeitos alimentos (preparados ou não) o que pode provocar doenças a vários níveis, nomeadamente cardiovasculares. Deste modo, “as pessoas têm que saber qual é o sal que consomem de duas formas, ou seja, o que adicionam na confeção da comida ou nos alimentos que adquirem e já contém sal”, alertou, citando “as batatas fritas de pacote que têm sal em excesso. O pão, apesar de ter um limite legal é uma grande fonte de sal”, enumerou.
Segundo este especialista, nos dias de hoje ainda existe um grande desconhecimento quanto à leitura da tabela nutricional que cada produto apresenta. “As pessoas não sabem os benefícios de interpretar as informações que vêm nos rótulos”, esclareceu, referindo que “há uma grande evolução nas embalagens no mercado nacional, muito fruto da aplicação de uma diretiva comunitária” e aconselhando a que “as pessoas têm que entender os recursos disponíveis, saber interpretá-los para se poderem orientar”.

ofertaB baseStandFrigi

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
373
Ontem
15074
Este mês
234161
Total
26264363
Visitantes Online
29