Imprimir

Arranca amanhã mais uma edição do Festival do Cabrito Estonado e do Vinho Callum no concelho de Oleiros. Dias 13 e 14 e dias 20 e 21de abril, os seis restaurantes aderentes ao festival apresentam esta iguaria nas suas ementas.

Este ano, e tendo em conta o número de visitantes que no ano passado foi de cerca de cinco mil, a Câmara Municipal de Oleiros vai disponibilizar a degustação do cabrito estonado numa tenda montada propositadamente para o efeito. Assim, nesta “Aldeia do Cabrito vamos ter três fornos a lenha onde as pessoas podem degustar o cabrito estonado e ver a saída desta iguaria com o tocar do chocalho”, explicou à Rádio Condestável o vereador Paulo Urbano.
Esta ideia de poder fazer uma refeição na tenda deve-se ao facto de existir sempre muita gente nestes dois fins-de-semana e de os restaurantes aderentes não conseguirem responder ao solicitado. Desta forma a autarquia colmata a situação e “quem não conseguir uma refeição, pelo menos tem um momento de degustação”, adiantou.

Na referida tenda estarão também expositores de outros produtos do concelho, “atelieres diversos como por exemplo o do queijo de cabra e duas tasquinhas com alguns produtos associados ao cabrito estonado como por exemplo as empadas”, exemplificou, destacando igualmente a presença do vinho Callum.
Por ano a autarquia aposta em dois festivais. Mais lá para a frente dará destaque ao medronho e à castanha. Neste em concreta, associa o vinho Callum, menos conhecido, a um produto sobejamente apreciado. É também uma forma de potenciar o vinho, deu conta o vereador.
Porque a procura do cabrito é grande e a produção é maioritariamente familiar, existia a necessidade de produzir em escala e já há um projeto na freguesia do Estreito, que se prevê ajudar a colmatar a procura existente. Trata-se de “uma caprinicultura com 150 cabras, não só na vertente de produção de cabrito para carne mas também na produção de leite” e é “mais uma ajuda para se ter produto para confecionar”, disse Paulo Urbano.

Também no vinho, setor que ainda “se está a enraizar”, a câmara criou a marca e está a “incentivar a plantação de novas vinhas e dois jovens estão a criar uma adega cooperativa de modo a que possam comprar a uva e produzir o vinho de forma homogénea, mantendo a qualidade e as características do produto”. O objetivo é reforçar a marca e esta identidade própria” e que possa criar uma mais-valia em termos de retorno económico para o concelho”, finalizou.
O vinho Callum provém de uma casta que se dá nas margens da ribeira e, pelas suas características específicas, origina um vinho de sabor diferente e único.
Por mês são confecionados cerca de 150 a 200 cabritos por restaurante. A câmara aconselha aos apreciadores a fazerem reserva num dos seis restaurantes aderentes, ou seja, na Adega dos Apalaches (272654257), na freguesia do Estreito, no Pérola do Orvalho (933375943), na freguesia do Orvalho e, na sede de concelho, no Carteiro (272682596), no Callum (272680010), no Prontinho (272682338) e no Ideal (272682350).


Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
889
Ontem
17901
Este mês
405150
Total
25026899
Visitantes Online
37