Imprimir

No Sobral e na Macieira… Os incêndios de 15 de outubro de 2017 atingiram, no concelho da Sertã, oito casas de primeira habitação. Esta segunda-feira, 4 de fevereiro, a Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) entregou duas casas, uma na localidade de Macieira na freguesia do Troviscal e outra no Sobral, na freguesia de Várzea dos Cavaleiros.

Uma das habitações pertence a Amadeu Francisco, cuja história é semelhante a todas as outras. Perdeu tudo e esteve prestes a ficar queimado ao tentar salvar uma cabra e uma adega. “Estive 20 minutos deitado no chão e o lume passou-me por cima. Quando cheguei ao pé da casa já o telhado estava a cair e a porta a arder”, lembrou. Ainda tentou salvar os documentos e o dinheiro que tinha ganho nessa semana mas não conseguiu. Perdeu a esperança de ver tudo reconstruído mas nesta segunda-feira sentiu-se "mais aliviado". Tal como ele, também Elias Alves teve a mesma sensação. O fogo destruiu-lhe parte da habitação em Sobral. Muitas vezes pensou ser impossível ver a casa de novo em pé mas agora “sinto-me alegre e fico agradecido por aquilo que fizeram por mim”, disse.
Estes dois casos, de reconhecida necessidade, receberam o apoio da CCDRC e Ana Abrunhosa, presidente da referida entidade, veio ao terreno entregar as chaves destas casas e dizer que no primeiro caso “vamos ajudar a mudar uma vida e no segundo vamos devolver à pessoa o que ela tinha”.
Desde a última vez que veio ao terreno até dia 4 de fevereiro passou sensivelmente um mês. Nessa altura, confessou Ana Abrunhosa, “muito estava por fazer”, disse, duvidando que “hoje estaria pronta”, mas aconteceu e a responsável deu os parabéns à construtora que apressou a obra e garantiu que “vou com a bateria recarregada para continuarmos a trabalhar porque ainda temos muitas famílias para ajudar”. A presidente da CCDR reconheceu que “o comboio está em bom ritmo de andamento”.

Na Sertã admitiu que iniciar todo este processo foi “difícil” porque “havia muitas famílias e muito trabalho burocrático por resolver”, revelou. Quando se começou a trabalhar no terreno as dificuldades não abrandaram mas também foram resolvidas e “agora estamos a entregar casas todas as semanas”, sustentou.
José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã mostrou-se confiante de que, muito em breve, o dossier das casas de primeira habitação atingidas pelo incêndio de 15 de outubro de 2017 poderá ser dado como encerrado já que “as obras têm corrido muito bem e os prazos tem sido cumpridos”, disse, satisfeito pela forma como a recuperação das casas tem decorrido e “as pessoas estão felizes”, ilustrou, desejando ver “as consequências dos incêndios ultrapassadas da melhor forma possível”.
Espera-se que até fim de maio, as restantes casas fiquem concluídas.

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
7620
Ontem
21099
Este mês
432980
Total
25054729
Visitantes Online
47