Imprimir

Pão de medronho apresentado durante conferência temática…Foi num clima de grande otimismo que o Centro de Ciência Viva da Floresta em Proença-a-Nova organizou uma conferência sobre as “Potencialidades do Medronho”.

Aconteceu este sábado, dia 13 de outubro e por ali passaram vários especialistas nesta matéria. O medronheiro é um arbusto versátil, que se adapta muito bem a estes territórios. Apesar de ter potencial, só há pouco tempo começou a ser explorado e a ir além do fruto para fazer aguardente.
Para João Lobo, anfitrião desta iniciativa, “o medronheiro tem várias valências” e deu o exemplo, além da aguardente, do fruto em fresco e da sua capacidade de ser transformado na gastronomia, na cosmética e na vertente nutricional. “Há aqui uma universalidade de valências que o medronho pode configurar”, atestou o autarca.
Além disso, o arbusto pode servir de barreira, tal como já aconteceu no passado, nas áreas que agora têm de estar livres de matos e floresta, ou seja em redor das habitações e nas faixas de contenção. “Temos que arranjar soluções para, num prazo continuado, termos condições de complementar essa perca de rendimento”, sustentou o autarca.

Com uma exploração cada vez mais intensiva na região, o medronheiro tem em Tiago Cristóvão um dos novos empresários da área. O proprietário confessou que, apesar de tudo, ainda existem alguns constrangimentos pois, para lançar o fruto para o mercado em fresco, não é fácil. “É preciso copiar o que se faz noutras fruteiras, nomeadamente profissionalizar a apanha”.  Por forma a esclarecer esta e outras questões, estas conferências são importantes, também para encontrar mecanismos de escoar uma produção que “será o pleno daqui a uns anos”, deu ainda conta o empresário, confessando que é contactado por restaurantes para aquisição do fruto para sobremesas ou rechear carne.

Pão de medronho foi apresentado

Desenvolvido pelo professor Rui Lopes na sua licenciatura em Dietética e Nutrição, o pão de medronho apresentado nesta conferência foi o culminar de um trabalho de “nove anos, quatro deles de investigação bastante intensa”. Sem querer desvendar a receita, apenas referiu que este seu produto é cem por cento natural com propriedades “muitíssimo interessantes a nível nutricional”. Aproveita o que o medronho tem de melhor e incorpora-o num produto que é consumido diariamente. “É uma fórmula muito simples de pão. Estamos a falar de um produto que não tem correção nem enriquecimento de melhorantes. Estamos a trabalhar com o fruto em natureza, com alguma tecnologia associada”, complementou.
Este tipo de pão apresenta “coisas que não encontramos num pão tradicional, nomeadamente antioxidantes, ácidos orgânicos voláteis ou minerais”, descreveu. Este produto estará em breve no mercado.

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
11091
Ontem
28660
Este mês
774717
Total
24363323
Visitantes Online
25