Imprimir
A empresa tem um processo de insolvência a decorrer

A empresa de confecções Mateus e Mendes, de Castelo Branco despediu a totalidade das suas 150 trabalhadoras, noticiou agência Lusa fonte citando uma fonte sindical.
A firma estava parada há duas semanas, sem encomendas, e as trabalhadoras receberam a notícia na segunda-feira, referiu Luís Garra, presidente do Sindicato Têxtil da Beira Baixa.
Segundo aquele responsável, a Mateus e Mendes tem um processo de insolvência a decorrer, sendo aguardada nas próximas semanas uma proposta de recuperação.
"O sindicato defendeu que, não havendo trabalho, a suspensão de contratos até à decisão da assembleia de credores era a melhor solução, mas a empresa optou pelo despedimento", disse o sindicalista citado pela Lusa.
"Espero que esta opção não tenha sido uma limpeza de terreno para outros tomarem conta da empresa, libertos das obrigações com pessoal", alertou.
O processo de insolvência decorre no Tribunal de Castelo Branco.
Com o despedimento, as trabalhadoras são credoras de indemnizações e outros valores previstos na lei, bem como do salário correspondente aos dias de trabalho de Junho, concluiu Luís Garra.
Apoio Lusa

 

CarBus

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
2482
Ontem
14040
Este mês
178553
Total
28153938
Visitantes Online
26