Imprimir
Certame aberto até 24 de Junho

Mais de três centenas de expositores fazem este ano a IV edição da Feira das Tradições e Actividades Económicas da Sertã, a qual foi inaugurada no passado sábado, pelo Secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor.
Na inauguração desta iniciativa e passados 25 anos sobre a primeira realização da FAFIC, José Paulo Farinha, presidente da Câmara Municipal, começou por lembrar Ângelo Farinha, mentor deste tipo de feiras ao fazer delas a mola dinamizadora do concelho e das suas empresas. “Numa época como a que atravessamos, as feiras não só adquirem um papel de barómetro conjuntural, como se apresentam como uma alavanca impulsionadora da reanimação do mercado”, disse o autarca acrescentando que “tentamos que o passado o presente e o futuro fossem aqui recombinados”. “Queremos através deste evento contribuir para o alargamento e conquista de mercados e gerar melhores condições tendentes a um perfeito intercâmbio comercial, confrontar os diferentes operadores económicos em termos de qualidades, de produtos e serviços difundir a inovação, as novas técnicas e equipamentos”, confirmou José Paulo Farinha, incentivando os empresários a investir.
Por sua vez, Fernando Serrasqueiro, Secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, depois de constatar a evolução que o certame tem adquirido ao longo dos anos o que o tem levado a ser “a grande feira da Zona do Pinhal Interior”, lembrou que este é o tempo em que é preciso as autarquias começarem a apostar no incentivo aos empresários, dando “prioridade à economia”, principalmente a regional como “factor dinamizador da actividade económica e cultural”. Esta última vertente tende a ser cada vez mais importante na sociedade.
O Secretário de Estado aproveitou ainda para lançar um desafio aos empresários locais, uma vez que o Ministério da Economia lançou recentemente a quarta linha de financiamento para as pequenas e microempresas, ou seja “mais 400 milhões de euros em condições muito apetecíveis, com taxa de juro Euribor menos 0,25, com um amplo tempo de amortização, com apoios às empresas portadoras, turísticas e com planos específicos para a floresta e automóvel”, reforçou Fernando Serrasqueiro, numa tentativa de aliviar a crise.
A feira das Tradições continua até dia 24 de Junho.

CarBus

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7



Estatísticas

Hoje
14066
Ontem
16821
Este mês
123719
Total
28099105
Visitantes Online
23