Imprimir

A chuva e o vento forte vão manter-se, pelo menos até domingo, devido aos efeitos colaterais da passagem da depressão Beatriz e de um sistema frontal frio, segundo a meteorologista Maria João Frada, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os efeitos da superfície frontal fria fizeram-se sentir entre o final da noite de terça-feira e a madrugada de hoje nas regiões do Norte e Centro, encontrando-se já na região Sul, mas com menos intensidade.
Maria João Frada adiantou também que foram registadas durante a noite rajadas fortes de vento nas regiões de Bragança, Vila Real, Guarda e Castelo Branco.
A referida depressão “não vai ter impacto direto no estado do tempo no território do continente, serão apenas efeitos colaterais associados à passagem de superfícies sucessivas de ondulações frontais que estão associadas à Beatriz, mas ela está de facto muito longe. Todo o vento que se possa vir a fazer sentir no continente é devido à depressão e por causa de um anticiclone que está a oeste dos Açores”, disse à Lusa.
Maria João Frada adiantou que os efeitos da depressão, que vão prolongar-se pelo menos até domingo, determinam uma corrente de oeste que vai trazer ondulações frontais sucessivas.
“Amanhã [quinta-feira] temos novamente um dia marcado pela passagem de um novo sistema frontal frio com alguma atividade, por isso, estão previstos períodos de chuva ou aguaceiros, que serão localmente intensos e sob a forma de granizo, trovoadas e rajadas fortes de vento até ao final da tarde”, sustentou.


Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
35198
Ontem
50543
Este mês
784977
Total
20283036
Visitantes Online
36