Imprimir

Objetivo é dá-lo a conhecer aos mais novos e internacionalmente... Terminou ontem, 6 de novembro, em Lisboa, uma jornada de cinco dias a falar sobre o Padre Manuel Antunes, natural da Sertã. Tratou-se do Congresso Internacional “Repensar Portugal, a Europa e a Globalização – 100 anos Padre Manuel Antunes”.

No encerramento, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa entregou a Grã-Cruz da Ordem do Infante Dom Henrique à sobrinha Noémia Simões e condecorou postumamente o Padre Manuel Antunes pois, tal ato “é celebrar o seu contributo singular e, renovadamente o reconhecer com um novo galardão”, definiu Marcelo Rebelo de Sousa, acreditando que “um século depois não é preciso entrar pé ante pé no anfiteatro onde ensinou milhares de alunos para o sintamos mais vivo do que nunca entre nós”.
Ao pensar naquele que foi também o seu mestre, o Presidente da República questiona-se de como seria “se tivesse vivido mais tempo. Se tivesse chegado a esse novo tempo, com mais tempo para se afirmar”, ou seja “ que influência teria tido, na certeza de que seria sempre o mesmo”.

Apesar de ter vivido pouco tempo no pós 25 de Abril de 1974, não deixou de refletir sobre o futuro, pois toda a sua vida, e pelo que foi deixando escrito, “sempre soube antecipar muito do que hoje são os grandes temas da atualidade”, lembrou José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã.

“É impressionante ler os livros de um homem que em 1970 escrevia sobre um país como Portugal, com uma clarividência só permitida a alguns eleitos pois não escrevia fechado numa concha mas com o mundo na palma da mão”, sustentou, comparando-o mesmo a um alquimista pois “nada do que dizia era em vão e tudo se encaixava na perfeição”.

Objetivo fututo: Projetar o Padre Manuel Antunes

Este congresso foi o culminar do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido há cerca de uma década pelo professor José Eduardo Franco, que um dia decidiu resgatar do esquecimento esta figura maior da nossa história. Agora que o pedagodo já se vai tornado conhecido nos meios académicos, este congresso deverá ser “um ponto de partida para dar a conhecer o Padre Manuel Antunes às novas gerações e tentarmos incorporar nos manuais escolares alguns ensinamentos seus”, ansiou.
A internacionalização do Padre Manuel Antunes é outro dos objetivos e a ideia é “preparar um conjunto de obras seletas”, traduzi-las para Espanhol, Francês, Italiano, Inglês, Russo e Polaco, porque “temos notado que vários pensadores, investigadores e estudiosos internacionais, quando contactam com os textos dele, percebem que ele foi percursor do que vieram a dizer grandes pensadores, estudiosos posteriores”, justificou José Eduardo Franco.


Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
35571
Ontem
50543
Este mês
785350
Total
20283409
Visitantes Online
24