Imprimir

Aos fins-de-semana. Espaço foi visitado por 42 pessoas em meio ano…
O Posto de Turismo da Sertã, a funcionar na Casa da Cultura, vai encerrar aos fins-de-semana, durante o inverno. Em causa está a visita ao espaço de apenas 42 pessoas em meio ano. A informação foi dada por José Farinha Nunes, presidente da câmara municipal, esta quinta-feira, 11 de janeiro, na reunião do executivo camarário.

A fraca afluência descrita refere-se, em concreto, ao primeiro e ao quarto trimestres. “A afluência foi reduzida principalmente aos fins-de-semana. Aos domingos vieram quatro pessoas, em meio ano e aos sábados vieram 38”, enumerou o autarca, e por isso “não sei se se justifica estar aberto ou não”, questionou.
Perante a notícia, Cláudia André do PSD, que durante oito anos assumiu o pelouro do turismo na câmara, sente que o trabalho feito até agora em torno do turismo sai “gorado na prestação de serviços aos turistas e visitantes”, lamentando o que diz ser o “retrocesso daquilo que trabalhámos estes oito anos” e recordando que neste espaço de tempo “fizemos um serviço de personalização do nosso atendimento”.
A vereadora lembrou também que nos transatos anos a filosofia do executivo era a de que, mesmo havendo só um turista a necessitar de atendimento já valia a pena e esse poderia trazer mais gente a visitar o concelho.
Mostrando-se surpreendido com os números apresentados, o vereador do PS, Carlos Miranda questionou, “ou o Posto de Turismo não está a funcionar corretamente, ou então o turismo na Sertã não é aquilo que a câmara tentou vender aos eleitores”. Tendo em conta os números apresentados, este vereador ficou a pensar que “o turismo na Sertã não existe” o que “é um sinal muito preocupante”, cimentou. Pode também considerar-se que aquele espaço terá de ser “repensado no seu modo de funcionamento ou de divulgação”, adiantou, concordando igualmente que, a haver turismo, ele registar-se-á ao fim-de-semana, altura em que “as pessoas saem de suas casas e viajam”. Deste modo, para Carlos Miranda, valerá mais a pena o espaço estar aberto aos sábados e domingos do que durante a semana.

Em resposta, José Farinha Nunes, socorrendo-se de dados estatísticos da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, os quais mostram que “a Sertã está numa boa posição em termos de turistas”, sossegou os colegas de executivo dizendo que “o que me parece é que não passam pelo Posto de Turismo, vêm já orientados. São excursões organizadas e pessoas que já vêm com percursos previstos”, reafirmou.

“O problema é mais de recursos humanos”

Quem também comentou a decisão de fechar este espaço foi Jorge Coluna, vereador do PSD, dizendo que “o problema é mais de recursos humanos. Ao sábado e domingo não vão abrir por falta de recursos humanos”, reforçou, aconselhando por isso que se acrescente à reflexão “a existência de outros serviços que podem complementar a eventual falta de pessoas”. Por exemplo “na biblioteca, em vez de lá estar um funcionário estarem lá dois ou três e já é mais fácil de gerir os recursos humanos”, cimentou.
Ciente de que os dados estatísticos são animadores, o autarca sertaginense confessou por isso que não estava à espera destes números pois “são sinal de que o turista não passa pelo Posto de Turismo”.

Próxima reunião pública deverá ser nos Paços do Concelho

A próxima reunião pública do executivo camarário terá lugar dia 8 de fevereiro e, de acordo com José Farinha Nunes, já deverá realizar-se no edifício dos Paços do Concelho.

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
5292
Ontem
19082
Este mês
619245
Total
14450203
Visitantes Online
26