Imprimir

ATUALIZAÇÃO ÀS 19:55 : O incêndio já galgou o IC8 e a EN241 e já lavra no concelho de Proença-a-Nova, na 

zona do Vergão, soubemos há pouco junto da ANPC de Castelo Branco. Contudo, apurou a nossa reportagem no local, com a velocidade que leva poderá também entrar nos concelhos de Mação e Vila de Rei. De acordo com a ANPC, no concelho da Sertã as zonas mais críticas são a esta hora Moinho do Cabo, Vale do Pereiro e Pisões. O IC8 é a única via cortada ao trânsito neste momento, não se circulando entre os nós de Isna e Várzea dos Cavaleiros. No seu sítio da internet a ANPC diz que no terreno estão 829 operacionais, 262 viaturas e sete meios aéreos. O vento continua a soprar com muita intensidade e dificulta o trabalho dos bombeiros.

 

ATUALIZAÇÃO ÀS 16:57: O IC8 encontra-se cortado ao trânsito entre o nó da Senhora dos Remédios e o nó de Vale do Pereiro. Os meios foram reforçados e neste momento estão no terreno, segundo a ANPC, 620 operacionais, 198 viaturas e 13 meios aéreos. Há a lamentar a destruição, na Várzea dos Cavaleiros, de um armazém de material elétrico. Entrevistado pela Condestável o presidente da câmara, confirmou esta ocorrência e disse que "é mais um dia terrível para o concelho da Sertã, o fogo lavra com uma velocidade incrível, são tantas as projeções e tantos os focos que  se torna numa situação muito difícil". José Farinha Nunes disse mesmo que com esta velocidade, o sinistro não tardará a passar para um dos concelhos limítrofes ao da Sertã, Proença-a-Nova ou Mação. "Não há a lamentar a destruição de casas de primeira habitação", disse. O vento sopra com muita intensidade e deverá ser um dos principais inimigos dos bombeiros.

ATUALIZAÇÃO ÀS 16:00: O incêndio continua a lavrar com muita intensidade e, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil de Castelo Branco (ANPCCB), tem duas frentes ativas, uma na zona de Pombas nos arredores da Sertã e outra a sul de Amioso. Também de acordo com a ANPCCB neste momento não há vias cortadas ao trânsito. No terreno está um forte dispositivo composto por 600 operacionais, 190 viaturas e 12 meios aéreos. Entretanto, neste momento, a localidade de Casal da Estrada, junto à Sertã, onde se encontra a reportagem da Condestável está a passar por momentos de aflição com as chamas a aproximarem-se das casas.

 

Notícia inicial: Continua a lavrar com alguma intensidade o incêndio que ontem, 8 de setembro, deflagrou no Carvalhal, concelho da Sertã em povoamento florestal.

Depois de uma noite complicada, a situação acalmou durante a madrugada, mas ainda é motivo de preocupação, principalmente junto à localidade de Vale Porco, onde as chamas estão a rondar a aldeia, indo em direção à localidade de Torneira, isto às 11:30.
Durante a noite houve a necessidade de evacuar 13 pessoas para o Centro de Saúde da Sertã, como medida de precaução. Destas, apenas três necessitaram de cuidados médicos. Ali passaram a noite e, já durante esta manhã, os familiares foram contactados no sentido de saberem se já têm condições para regressarem a suas casas ou a casas de familiares. O vento foi o grande inimigo dos bombeiros.

De acordo com a página da Internet, no local estão 579 operacionais, apoiados por 182 veículos e 8 meios aéreos.

A Rádio Condestável tem uma equipe de reportagem no local.


Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
2076
Ontem
12993
Este mês
425723
Total
9877091
Visitantes Online
12